×

SUPORTE

1 Entre ou crie uma nova conta.
2 Revise seu pedido.
3 Pagamento e envio

Se você ainda tiver problemas, por favor nos avise, enviando um e-mail para contato@infosegur.com. Obrigado!

HORÁRIO DE ATENDIMENRO

Seg-Sex 08:00 às 12:00 - 13:30 às 18:00
Sab 8:00 às12:00
Domingos apenas com hora marcada!

FORGOT YOUR DETAILS?

Celular Dobrável

Celular dobrável chegou com tudo em 2019, mas será que substituirá o seu?…

 

Sem tempo, irmão

  • Motorola, Huawei e Samsung apresentaram seus primeiros celulares dobráveis em 2019
  • Os lançados neste ano sofreram atrasos por problemas técnicos na dobra e tela
  • Para analistas, produtos chegaram para ficar, mas devem ocupar apenas um nicho
  • Preço altíssimo é entrave para popularização e demorará anos para diminuir

Este ano não foi dos melhores para as fabricantes de smartphones, já que este mercado tão forte nos últimos anos desacelerou. Pessoas estão trocando menos de celular, em parte porque os novos modelos, mesmo os mais avançados, não trazem tanto de novo em relação aos aparelhos antigos.

Diante deste cenário, SamsungHuawei e Motorola inauguraram, em 2019, uma nova categoria de smartphone: o dobrável. O Galaxy Fold, apresentado em fevereiro, em conjunto com a linha Galaxy S10, foi o primeiro produto do tipo anunciado, uma semana antes do Mate X, da Huawei.

 

Custando US$ 1.980, ele tinha previsão de chegar às lojas em abril, mas após problemas com os celulares que foram para a imprensa, o lançamento foi adiado. O Mate X, por outro lado, era esperado para junho, porém teve sua chegada postergada — e mais de uma vez. Para Roberta Cozza, analista sênior da consultoria Gartner, a pressa de Samsung e Huawei tem um motivo: um mercado sedento por inovação….

O Galaxy Fold foi finalmente lançado no início de setembro, mas em um número seleto de mercados. Ele “inaugurou uma nova era no mundo dos dispositivos móveis”, de acordo com Renato Citrini, gerente sênior de produtos da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil. Em seu primeiro aparelho do tipo, a empresa sul-coreana combinou recursos de celulares e tablets, com uma tela externa de 4,6 polegadas (11,6 cm) e a interna de 7,3 polegadas (18,5 cm). “Conforme os smartphones concentram diversas novas tarefas cotidianas, tornou-se cada vez mais importante ter uma tela maior, que reproduzisse confortavelmente o que consumimos”, explica Citrini.

 

No meio de novembro, foi a vez do Mate X chegar. A proposta dele é parecida com a do Galaxy Fold, mas a tela é uma só, dividida pela metade quando o celular é dobrado. Aberta, ela tem oito polegadas (20,3 cm); dobrada, ela fica com 6,6 polegadas (16,7 cm) de um lado e 6,3 polegadas (16 cm) do outro. Fora a experiência de tablet em um smartphone, a Huawei considera este novo produto como simbólico. “O desenvolvimento de novas tecnologias [como as telas dobráveis] impulsiona não somente os dispositivos top de linha, mas também influenciam todos os demais produtos que a Huawei desenvolve e produz”, diz Daniel Dias, gerente sênior de desenvolvimento de negócios da Huawei Brasil.

 

O lançamento do Mate X foi mais restrito que o do Galaxy Fold, se limitando à China. Ele também veio a um preço maior que o do celular da Samsung, custando lá fora o equivalente a US$ 2.400 (R$ 10,3 mil, na cotação atual). Em comum, os dois não têm previsão de vinda para o mercado brasileiro, embora a Samsung diga que há espaço para seu modelo no Brasil. A Motorola, por outro lado, trará seu novo Razr ao Brasil já em janeiro. Apresentado em novembro, com preço sugerido de US$ 1.499 (R$ 6,4 mil na cotação atual), a nova versão do saudoso V3 não pretende fundir tablet e celular em um só produto.

 

José Cardoso, presidente da Motorola Brasil, conta que a empresa trabalhou em 20 protótipos do smartphone dobrável e concluiu que o ideal era um aparelho que, quando fechado, seja realmente compacto e caiba no bolso, mas, quando aberto, entregue uma tela de 6,2 polegadas (15,7 cm), adequada ao que virou padrão na indústria. “O novo Motorola Razr será fabricado no Brasil, reforçando o compromisso da empresa com o mercado nacional. E vejo também um grande potencial de mercado”, aposta Cardoso. “Além da inovação e do design único, ele fala diretamente com os consumidores que sonhavam com a volta do V3. É elegante e aspiracional, além de despertar o interesse dos ‘early adopters’ [interessados em tecnologia de ponta]”, diz.

 

– Veja mais em https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2019/12/16/o-celular-dobravel-chegou-em-2019-mas-sera-que-ele-vai-substituir-o-seu.htm?cmpid=copiaecola

 

 

  • CLIENT UOL
  • YEAR 2019
  • WE DID De Tilt, em São Paulo
  • PARTNERS Rodrigo Trindade
  • CATEGORY ,

VAMOS TRABALHAR JUNTOS?

NÓS TEMOS OS MELHORES PROJETOS PARA VOCÊ OU SUA EMPRESA

CONTATO

Rua Anita Garibaldi 936 SALA 1, Centro, Palmitos SC , Brasil

+55 49 36472670
+55 49 9 91364089

contato@infosegur.com.br
www.infosegur.com.br

TOP
× Whats App